Ponto Nero Cult SO2 Free Rosé

Brasil
Terroir: Vale dos Vinhedos
Ponto Nero
Tipo: Espumante
Variedade: Pinot Noir  100%
Álcool: 11,5%
Temperatura de consumo: 04 - 06 °C

O Ponto Nero Cult SO2 Free Rosé está atrelado ao "jeito Ponto Nero de ser", inovador, tecnológico e descomplicado, além de sempre estar atento as novas formas de comportamento. Um espumante puro, genuíno e que nos convida a explorar os sentidos e entender que o fantástico mundo dos vinhos é movido a desafios.

Singularidade – Considerando as novas tendências e as mudanças que o mundo globalizado trouxe, o Ponto Nero Cult SO2 Free Rosé é o resultado de anos de estudos e dedicação, desde a produção da matéria-prima até os processos de vinificação. Sendo assim, este exemplar é caracterizado pela não adição de conservantes em sua composição, visando enaltecer a qualidade da fruta.

Observação: Há presença de pequenas concentrações de SO2 (dióxido de enxofre), sendo o mesmo conferido naturalmente pelas leveduras durante o processo de fermentação alcoólica.

Análise Organoléptica

Coloração rosa quartzo, límpido e brilhantes. Apresenta borbulhas finas e persistentes. 

Aromas nitidamente frutados, que evidenciam frutas vermelhas frescas como framboesas, morangos e cerejas, com uma delicada presença de frutas de caroço. 

Grande destaque para sua acidez vivaz, alicerçada pela moderada concentração alcoólica. De final longo, reforçando as notas aromáticas percebidas no olfato. 

Laudo Técnico:

Álcool: 11,5%

Acidez Total: 5,35 g/l de ácido tartárico

Acidez Volátil: 0,29 g/l de ácido acético

Densidade: 0,996

Extrato Seco: 31 g/l

SO2 Total | Livre: 9,5 | 3,9 mg/l

Açúcares totais em glicose: 9,5 g/l

pH: 3,29

Pressão: 5,5 kg/cm2

Harmonização: Paella de frutos do mar, Frango com molho de laranja, Penne ao molho de berinjela
Vinificação:

Elaboração do vinho base

- Seleção final dos cachos;

- Maceração pré-fermentativa (4 a 6 horas);

- Prensagem – prensa com atmosfera inerte;

- Clarificação do mosto e inóculo de leveduras selecionadas Saccharomyces cerevisiae;

- Fermentação alcoólica com temperatura entre 15º e 16ºC;

- Estabilização tartárica e filtração;

Tomada de espuma - Método Charmat

- Inoculação de leveduras selecionadas;

- Segunda fermentação dentro de tanques de alta pressão com temperatura de 12ºC;

- Maturação por 6 meses ocorrendo autólise de leveduras;

- Filtração e adição do licor de expedição

- Envase, arrolhamento e rotulagem;

Aprecie também