PRODUTOS

domno > produtos

Feudi di San Gregorio
Itália

Fundada em 1986, a vinícola pertence à família Capaldo e produz 3,5 milhões de garrafas por ano em um total de 600 hectares de vinhedos, no território de Irpínia. A adega está localizada em Sorbo Serpico, na província de Avellino.

Uma das visões mais importantes de Feudi di San Gregorio é acreditar que o nascimento de um vinho tem o mesmo processo criativo de uma obra de arte. O amor e paixão no cuidado das plantas, o compromisso na colheita da uva e a paciência enquanto se espera para o vinho amadurecer, significa que cada garrafa expressa sua personalidade e se torna uma obra de arte. É com esta abordagem que surgem colaborações com grandes mestres e jovens talentos, com o objetivo de uma troca contínua, de conhecimento e criatividade, entre o vinho e a arte.

Ao longo dos anos, a missão da Feudi di San Gregorio, foi a de adquirir terras que abrigam vinhas seculares. Estamos particularmente orgulhosos com nosso vinhedo Serpico - uma terra que produz há mais de duzentos anos, vinhas que sobreviveram à filoxera e que hoje oferecem uvas de caráter único e verdadeiro. É como se essas grandes videiras ancestrais fossem como pais cuidadosos encorajando seus descendentes a tomar o caminho certo na vida.

A viticultura campaniana é a combinação de muitas histórias, histórias de populações que preservaram as mais antigas tradições, juntando um mosaico de comunidades, vales, colinas, memórias e culturas que a história consolidou ao longo do tempo. O vinho não é um mero produto, mas é um testemunho da vida em um território.

Quando muitos produtores na Itália arrancaram vinhedos antigos em favor de variedades de uvas internacionais, Feudi manteve-se fiel ao patrimônio local e continuou a cultivar a variedades nativas, como Greco di Tufo Bianco, Fiano di Avellino, Falanghina e Aglianico.

Cada vinho fala das colinas de onde se originou, conta histórias das pessoas que trabalharam, geração após geração. Os vinhos Feudi nascem da nossa aspiração de compartilhar essas histórias sobre vinhos, histórias sobre a riqueza de nossos vinhedos mais expressivos, selecionados todos os anos entre 600 hectares, dependendo de cada safra.

Graças a esta prática, ano após ano, são elaborados vinhos únicos de edição limitada (cerca de 2.000 garrafas) que não são vendidos através de canais tradicionais. Para esta linha de produção, escolhemos uma garrafa exclusiva, uma reedição do primeiro Bordolesi do século 17, e começou com dois vinhedos icônicos de Fiano. Nos anos que se seguiram, também identificamos outros vinhedos Greco e Aglianico que foram integrados neste projeto.

Confira mais fotos

Irpinia é o nome histórico da Província de Avellino, na Campania, uma das maiores e mais populosas regiões do sul da Itália. É uma região vitivinícola única, que cresce entre árvores frutíferas, florestas e oliveiras: um território acidentado com uma identidade forte e genuína. 

A geografia do território provoca ventos que proporcionam à região boas chuvas e criam um microclima que distingue as outras regiões da Campania: a vegetação é variada e densa, os invernos curtos são extremamente frios e nevados, enquanto os verões são leves e longos.

A Irpinia é uma área com uma tradição agrícola profundamente enraizada, onde nascem alguns dos vinhos europeus mais originais e duradouros, como o Taurasi tinto e os brancos Fiano di Avellino e Greco di Tufo.

É um território verdadeiramente único sob muitos aspectos: latitudes mediterrâneas, viticultura montanhosa, clima fresco e chuvoso, com vinhos que pelo seu estilo e caráter são muito diferentes do estereótipo clássico sul.

É por isso que as melhores garrafas de Irpinia são regularmente igualadas aos vinhos nobres de áreas mais setentrionais: Langa, Rodano, Bordeaux para os tintos, Chablis, Loira, Rheingau, Wachau para os brancos. 

(54) 3388.3999
domno@domno.com.br

Rodovia BR 470, S/N°, Km 224
Garibaldi - RS - Brasil - CEP: 95720-000